O escritório em casa como alternativa ao trabalho tradicional

Cada vez mais pessoas estão buscando formas de trabalhar em casa como alternativa ao trabalho tradicional. Segundo os especialistas em empreendedorismo em casa, Alex Vargas e Douglas Castro, este movimento pode ser explicado por alguns fatores principais, como o desemprego, trabalhar em empregos que não gosta, as dificuldades de locomoção e o tempo que é gasto todos os dias no trajeto trabalho-casa, casa-trabalho.

Segundo o Google, o interesse das pessoas que pesquisam na Internet sobre trabalhar em casa e assuntos relacionados, tem crescido nos últimos anos, chegando em 2019 a mais de 300 mil pesquisas mensais relacionadas ao assunto.

Segundo Alex Vargas, que trabalha na formação de empreendedores digitais que trabalham em casa: “Os dados do Google são muito precisos, pois revelam comportamentos e interesses que as pessoas têm. Na era da Internet as pessoas usam o Google para consultar praticamente tudo, e com esse volume de pesquisas sobre trabalhar em casa crescendo, novos negócios estão surgindo, pessoas tem criado negócios em casa todos os dias, acompanhamos isso de perto…”

O especialista ainda diz que acredita que esta tendência só crescerá nos próximos anos:

“Muitas cidades têm trânsito caótico, pessoas chegam a perder mais de 5 horas por dia no trânsito.  Este estilo de vida prejudicial só causa estresse. Sem contar que muitas pessoas trabalham em coisas que não gostam e ainda ganham pouco. Quando chegam neste ponto, as pessoas só têm duas alternativas.

Ou se afundam em depressão ou buscam alternativas de trabalho. E acabam enxergando que trabalhar em casa é uma boa alternativa. Como a informação tem chegado a cada vez mais pessoas com o crescimento da Internet, a tendência de crescimento é grande, com mais pessoas realizando pesquisas relacionadas ao assunto trabalhar em casa.”

Segundo o economista Douglas Castro, que trabalha junto com o Alex Vargas na formação de empreendedores digitais, que trabalham em casa, todo este movimento ajuda no crescimento da economia, pois as pessoas acabam criando negócios em casa o que aumenta o nível de atividade econômica no país.

“As pessoas começam buscando como ganhar uma renda extra, e assuntos relacionados, quando começam a descobrir as possibilidades de  trabalhar em casa acabam investindo em negócios com alto potencial lucrativo, o que é bom para o crescimento da economia. A pessoa começa buscando uma alternativa e acaba criando um pequeno empreendimento. De forma geral, isso é bom para a economia.”

Contudo, os especialistas afirmam que não basta fazer pesquisas no Google e começar algo sem conhecimento do que fazer. É preciso se preparar para enfrentas as dificuldades de começar um trabalho em casa.

Alex Vargas é criador do curso Fórmula Negócio Online que é um treinamento de formação de empreendedores digitais. Um dos pilares do treinamento é o marketing de afiliados que possibilita pessoas a ganharem altas comissões, mesmo sem ter um produto.

“O marketing de afiliados é bem acessível, e isso acaba atraindo muitas pessoas, porém é preciso saber o que fazer, é como uma profissão, só tem sucesso quem se prepara.” Afirma Alex Vargas

Alex Vargas e Douglas Castro são autores do livro Como Trabalhar em Casa, publicado na Amazon, com link do livro aqui, o objetivo do livro é ajudar pessoas que estão buscando trabalhar em casa e não sabem como começar. No livro é compartilhando um modelo de negócios acessível a praticamente qualquer pessoa.

O livro é recomendado para que pessoas possam fazer a migração do trabalho tradicional para o trabalho em casa. Os autores deixam uma informação importante, que o trabalho em casa é como todo e qualquer trabalho, exige dedicação e foco. Importante não cair em promessas de ganhos fáceis, que estão muito comuns atualmente na Internet.

Divulgação

 

 

Redação Paraná em Fotos

Portal Paraná em Fotos