O marketing de conteúdo como chave para os negócios

Como a estruturação de um processo de Marketing de Conteúdo afeta o seu negócio

Devido ao decorrer do tempo e o crescimento em conjunto da tecnologia, a área de marketing tornou-se complexa, mostrando cada vez mais eficiente com novas técnicas e ramificações. Uma delas é o Marketing de Conteúdo. O Marketing de Conteúdo procura engajar o público-alvo e prospectar clientes e potenciais clientes pela criação de conteúdo. Pensando nisso, é possível diversificar os conteúdos apresentados pelos setores de marketing ao redor do globo.

O primeiro passo para ter sucesso utilizando esta técnica é definir uma persona. Uma persona é, em poucas palavras, um personagem. No caso, um personagem de um cliente ideal. Uma persona é definida com base em dados de comportamento e características de região dos clientes. A persona é de extrema importância porque ela é o guia da criação de conteúdo. É necessário a constante atualização desses dados para ter a melhor base possível.

É de devida importância, também, a diversidade dos conteúdos que permite o negócio aparentar moderno e interessante. Ou seja, renovação é tudo. Por isso, é recomendado a confecção de um planejamento de posts e artigos mensalmente.

De acordo com a pesquisa Content Trends 2018, feita pela Rock Content, o marketing de conteúdo traz 2,6 vezes mais visitas e 3,7 vezes mais leads para as empresas que utilizam. O mesmo estudo diz que 73% das empresas adotam a estratégia de Marketing de Conteúdo.

Entrando um pouco no conceito de lead, o que é? No marketing digital, lead é todo potencial cliente de uma marca. Caso uma pessoa demonstre interesse em consumir um produto ou serviço, ela é considerada um lead. Há vários processos que podem ser encaixados com os leads e o Marketing de conteúdo está extremamente ligado com o poder de gerar mais leads.

As táticas mais utilizadas pelas empresas que aplicam o Marketing de conteúdo, de acordo com a pesquisa mencionada anteriormente, é posts em redes sociais, posts em Blog, Vídeos e Newsletter, respectivamente. Concentram-se, também, em outras atividades como E-Books, eventos presenciais, infográficos e etc. Vale lembrar que esses dados irão variar de empresa para empresa e o recomendado seria realizar um estudo de qual tática trará mais resultado.

O Marketing de Conteúdo gera outras aplicações, também, que ajudam na visibilidade do site, como por exemplo, os backlinks. Backlinks são links posicionados em um texto para guiar o leitor até a sua página. Com a criação do conteúdo, é possível estruturar uma cadeia de backlinks baseado nas palavras do material. Esses links conduziriam o leitor para mais artigos dentro do site aumentando o engajamento e construindo um vínculo propício e saudável.

Marketing de Conteúdo pode ser aplicado em diversas áreas e quase não tem limitações. Na área do Franchising, por exemplo, grandes franqueadoras utilizam o marketing de conteúdo frequentemente. Utilizando outro exemplo, a Brasil Nutri Shop é uma franquia que está sempre atualizando e postando novos artigos específicos para um público-alvo. A empresa deixa disponível em seu site, todos os artigos feitos.

Segundo Nylmar Diego Zacharias, sócio-fundador da empresa, é extremamente importante fazer um bom trabalho de marketing de conteúdo para diferenciar-se da concorrência em que as empresas estão vivendo atualmente. Hoje, o consumidor procura algo que vai além somente do produto em si e, por isso, é necessário criar estratégias de divulgação que consigam chamar a atenção do cliente.

Divulgação

Redação Paraná em Fotos

Portal Paraná em Fotos