Por que os brasileiros ainda investem em Bancos?

 

    A realidade do mercado financeiro brasileiro é inversa à de outros países. Aqui há alta concentração de ativos nas mãos dos grandes Bancos, e apenas 5% da população investe em empresas independentes.  Lá fora, o mercado está evoluindo, e o aumento da distribuição por canais alternativos, empresas independentes dos grandes bancos  tem sido cada vez maior. Nos Estados Unidos, 92% procuram escritórios de investimento

    Para Marcos Fernandes, sócio da Valore Investimentos, diversos são os motivos para esta diferença: “Além de ser uma economia jovem, com baixo (ou nenhum) nível de educação financeira sendo propagada em nossas escolas, o Brasil também tem razões mercadológicas: alta concentração de ativos nas mãos de poucos; pouco alinhamento com os interesses do cliente; e fatores econômicos como altas taxas de juros e hiperinflação experimentados ao longo do tempo que tornaram nossos investidores avessos a quaisquer mudanças”.

      Essa alta concentração de ativos nas mãos dos grandes bancos, acaba diminuindo drasticamente a concorrência, elevando taxas de administração de produtos de investimentos, tornando a gestão menos alinhada com entrega de resultados aos consumidores e, consequentemente, prejudicando o consumidor e também a própria economia.

    Em meio a esse cenário, as empresas precisam encontrar estratégias para melhor alocar os seus recursos e baratear suas dívidas, para se manterem em crescimento. E os consumidores, por sua vez, precisam buscar alternativas para rentabilizar e preservar o seu patrimônio.

    A boa notícia é que os consumidores, na era da informação, passaram a entender melhor este cenário, e rapidamente o mercado está se transformando. Taxas vem diminuindo, há um melhor alinhamento em construção, e consequentemente há resultados para os clientes. Capitaneando este movimento, estão Corretoras de Valores e Fintechs, que são excelentes alternativas por oferecerem maior gama de produtos financeiros, e estarem mais alinhadas aos interesses dos clientes. 

Sobre Marcos Fernandes:

Advogado e sócio da Valore Investimentos, escritório credenciado à XP Investimentos desde 2013. A Valore figura entre os 50 maiores escritórios do país. Marcos dá palestras sobre mercado financeiro, gestão e investimentos.

 

Divulgação

 

 

Redação Paraná em Fotos

Portal Paraná em Fotos

Shares