Portal com serviços do governo federal tem 72 milhões de cadastrados

Endereço reúne diversos serviços oferecidos pelo Executivo Federal
O portal .gov.br completou um ano de funcionamento com 72 milhões de cadastrados. O endereço reúne diversos sites e serviços digitais oferecidos pelo Executivo Federal.
De acordo com o Ministério da Economia (ME), o número de usuários que visitam o site por mês subiu de 4,6 milhões no início do ano para 12,1 milhões em julho.
Dos 3,6 mil serviços públicos catalogados pelo governo, 59% são totalmente digitais. De acordo com o ME, 830 foram digitalizados desde janeiro de 2019. Destes, 250 passaram a ser ofertados por plataformas digitais durante a pandemia.
Em relação à integração de sites, há entre 1,3 mil e 1,5 mil endereços de órgãos associados ao Executivo Federal. Conforme a Secretaria de Governo Digital, até o momento houve migração de 50 páginas.
Usuário
Segundo o diretor de Experiência do Usuário da secretaria, Joelson Velloso Junior, a integração no portal traz uma série de vantagens. A primeira é facilitar o acesso, demandando a memória de apenas um endereço, e não de um para cada órgão.
As páginas URL dos órgãos vinculados ao governo federal (como www.inss.gov.br ou www.mec.gov.br) serão mantidas. Mas elas servirão apenas para redirecionar aos novos endereços alocados dentro do .gov.br.
“A unificação não é só esforço de memória menor, mas tem padrões visuais similares. Uma vez que está todo mundo no mesmo portal, usuário não vai ter que reaprender a navegar. Por onde quer que você entre, você vai ter uma mesma interface, uma mesma lógica de interação. Isso tira carga cognitiva e tempo para consumir serviços”, comenta o diretor.
Ele destaca que a intenção é qualificar os serviços digitais prestados não somente pelo portal mas em outros canais, como por meio de apps ou por redes sociais privadas, como Whatsapp ou Facebook.
“O desafio é trabalhar nos atributos de qualidade dos serviços digitais. O que a gente considera um serviço de qualidade? Fáceis de achar. Fáceis de entender. Fáceis de requisitar. Rápidos na resposta e efetivo, respondem o problema. Ser acessível a todos, independentemente de qualquer limitação”, pontua.
Os usuários que visitam o portal podem avaliar a qualidade tanto ao acessar o serviço quanto após a sua entrega ao cidadão. São disponibilizados sinais de mãos com dedos levantados para cima ou para baixo para que o usuário coloque se sua experiência foi positiva ou negativa no ambiente.

Agência Brasil