25 de fevereiro de 2024
GERAL

8 dicas para amenizar e prevenir as “dores de inverno”

A hora de tirar os casacos e as roupas mais reforçadas do armário chegou. Com a proximidade do início oficial do inverno, dias frios podem ser sinônimo de dores articulares e nas costas para muitas pessoas. Mas, a relação da baixa temperatura com a dor ainda é controversa, já que pesquisas científicas sobre o tema divergem em suas conclusões e resultados. De acordo com o reumatologista Robert H. Shmerling, em estudo da Harvard Medical School, não há relação comprovada entre o clima e as dores de doenças como a artrite, por exemplo, apesar de serem frequentemente relatadas por pacientes em épocas mais geladas do ano.  
Mas, então, por que as pessoas sentem dores no frio?
O ortopedista do esporte, cirurgião e especialista em coluna, Dr. Alexandre Guedes, explica: “as dores típicas do frio podem estar ligadas à constrição dos vasos sanguíneos, que reduzem o fluxo sanguíneo para as articulações e causam rigidez e dor. Além disso, as mudanças de pressão atmosférica que ocorrem durante as quedas de temperatura podem afetar as articulações sensíveis, levando a um aumento da dor”. 
De acordo com o especialista, outra possibilidade para explicar as dores de inverno pode estar relacionada à lubrificação das articulações: “O frio pode afetar a viscosidade do líquido sinovial, que é responsável por lubrificar as articulações e pode se tornar mais espesso nos dias de temperaturas baixas, dificultando o movimento e causando desconforto”.
E para quem garante que consegue “prever” a chegada de uma frente fria por começar a sentir dores articulares, o Dr. Alexandre avisa que isso é muito mais um mito do que uma verdade científica comprovada.
Deixar de fazer atividade física pode ser pior 
Quem deixa de lado a prática de se exercitar no inverno tem mais chance de sentir dor. “Muitas pessoas tendem a ficar mais sedentárias e menos ativas nesse período, o que pode levar a uma diminuição da flexibilidade, ao enfraquecimento dos músculos que suportam as articulações e, consequentemente, às dores”, esclarece o ortopedista.
Amenizando as “dores de inverno”
Existem formas simples e efetivas de evitar que as incômodas dores apareçam e persistam. O Dr. Alexandre Guedes aponta algumas delas para promover saúde e conforto, principalmente, no período de baixas temperaturas:
1 – Mantenha uma postura adequada durante as atividades diárias, evitando ficar sentado ou em pé por longos períodos sem descanso.
2 – Pratique exercícios físicos regularmente para fortalecer os músculos das costas e das articulações.
3 – Evite levantar objetos pesados de forma inadequada. Use técnicas corretas de levantamento e peça ajuda, se necessário.
4 – Utilize calçados adequados e confortáveis que ofereçam suporte para os pés e a coluna.
5 – Controle o peso corporal para reduzir a sobrecarga nas articulações.
6 – Adote uma alimentação equilibrada e rica em nutrientes que promovam a saúde dos ossos e das articulações.
7 – Aqueça as articulações antes de atividades físicas intensas.
8 – Utilize técnicas de relaxamento e alongamento para aliviar a tensão muscular.
É importante reforçar que é sempre recomendável consultar um médico para avaliar e tratar qualquer dor persistente ou incapacitante, principalmente quando acompanhada de sintomas preocupantes, como febre, fraqueza, falta de ar ou alterações na função normal do corpo.

– Liberação de imprensa