1 de março de 2024
SAÚDE

Burnout, Ansiedade e Depressão afetam milhões de brasileiros

A saúde mental dos brasileiros tem sido um tema cada vez mais relevante nos últimos anos. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil lidera a lista de países com a maior prevalência de transtornos de ansiedade, com cerca de 9,3% dos brasileiros sofrendo de ansiedade patológica.
Já a Pesquisa Vigitel 2021, um dos mais amplos inquéritos de saúde do país, reforça os dados preocupantes. Em média, 11,3% dos brasileiros relataram ter recebido um diagnóstico médico de depressão.
Os dados refletem a importância de se discutir e cuidar da saúde mental dos brasileiros, tanto em nível individual quanto coletivo. Segundo o médico psiquiatra Cyro Masci, “embora o Burnout, a ansiedade e a depressão possam apresentar sintomas semelhantes, elas são distintas e exigem tratamentos específicos”.
Diferenças entre Burnout, Ansiedade e Depressão
Embora o Burnout, a ansiedade e a depressão possam apresentar sintomas semelhantes, existem diferenças importantes entre essas condições. Aqui estão algumas das principais diferenças entre o Burnout, a ansiedade e a depressão segundo Masci:
**O que é Burnout?**Segundo o médico psiquiatra Cyro Masci, “Burnout é uma condição de estresse crônico que ocorre em resposta a situações de trabalho extenuantes e estressantes. É caracterizado por um conjunto de sintomas que incluem exaustão emocional, despersonalização e baixa realização pessoal. As pessoas com Burnout tendem a se sentir esgotadas, desmotivadas e desconectadas de suas atividades profissionais”.
O que é Ansiedade?
Masci explica que “a ansiedade é uma resposta emocional normal a situações estressantes. No entanto, em excesso, pode ser um transtorno de saúde mental que afeta a capacidade da pessoa de lidar com diversas áreas da vida. As pessoas com transtornos de ansiedade tendem a se preocupar excessivamente com eventos futuros e a sentir medo ou apreensão em situações que outras pessoas considerariam normais. Os transtornos de ansiedade incluem transtorno de ansiedade generalizada, transtorno do pânico, transtorno obsessivo-compulsivo, transtorno de estresse pós-traumático e fobia social”.
O que é Depressão?
“A depressão é uma condição de saúde mental que afeta o humor, o comportamento e o pensamento”, segundo Cyro Masci. É caracterizada por sentimentos de tristeza, desesperança e perda de interesse em atividades que antes eram agradáveis. A depressão pode ser causada por fatores biológicos, genéticos e ambientais, e pode ser tratada com medicação, terapia e mudanças no estilo de vida.
Causas diferentes: O Burnout é causado por estresse relacionado ao trabalho, enquanto a ansiedade e a depressão podem ser causadas por uma variedade de fatores, incluindo fatores biológicos, genéticos e ambientais.
Sintomas distintos: O Burnout é caracterizado por exaustão emocional, despersonalização e baixa realização pessoal, enquanto a ansiedade e a depressão podem incluir uma ampla gama de sintomas, como mudanças de humor, pensamentos negativos e comportamentos de isolamento.
Tratamento especializado: Segundo o psiquiatra, ” tratamento para o Burnout pode incluir mudanças no ambiente de trabalho, terapia psicológica, medicação e mudanças no estilo de vida, como melhorar a alimentação e praticar atividades físicas regulares. A ansiedade e a depressão também podem ser tratadas com terapia e medicação, além de mudanças no estilo de vida, como reduzir o consumo de álcool, parar de fumar, praticar atividades físicas e meditação”.
Prevenção focada no problema: A prevenção do Burnout envolve a criação de um ambiente de trabalho saudável, com apoio emocional e social, oportunidades de crescimento profissional e reconhecimento pelo trabalho realizado. A prevenção da ansiedade e da depressão envolve o desenvolvimento de habilidades de enfrentamento, cuidado com a saúde mental e a busca por ajuda profissional quando necessário.
Como identificar o Burnout, a ansiedade e a depressão?
Para o psiquiatra Cyro Masci, “o ponto de partida tanto para adotar medidas preventivas quanto para estabelecer tratamento precoce dessas condições é saber como identificar os sintomas”. Aqui estão alguns sinais a serem observados segundo o médico:
Sintomas do Burnout:
Fadiga que não melhora com repouso
Exaustão emocional
Despersonalização (perda do calor humano e da sensibilidade com as pessoas)Baixa realização pessoal
Irritabilidade e impaciência
Dificuldade para se concentrar
Sintomas da Ansiedade:
Preocupação excessiva com eventos futuros
Medo ou apreensão em situações que outras pessoas considerariam normais
Sensação de tensão ou nervosismo
Dificuldade para se concentrar
Irritabilidade e impaciência
Problemas de sono
Sintomas da Depressão:
Sentimentos persistentes de tristeza ou desesperança
Perda de interesse em atividades que antes eram agradáveis
Mudanças no apetite e no sono
Sentimentos de inutilidade ou culpa
Pensamentos recorrentes de morte ou suicídio
Fadiga e falta de energia
“Burnout, a ansiedade e a depressão são condições de saúde mental distintas que podem apresentar sintomas semelhantes. É importante realizar diagnóstico apurado de cada condição e instituir ajuda profissional especializada quando necessário”, conclui Cyro Masci.

– Notícias Dino