30 de maio de 2024
Geral

Cinco atitudes para prevenir o câncer

 

Quando detectada de forma precoce, doença tem alto índice de
cura

No dia 4 de fevereiro é comemorado o Dia Mundial de Combate ao Câncer, uma campanha
desenvolvida pelo Ministério da Saúde para educar e conscientizar a população sobre a prevenção e
o tratamento da doença. Os números são alarmantes: segundo o Instituto Nacional de Câncer
(INCA), o Brasil deve registrar cerca de 600 mil novos casos em 2018 e 2019. Porém, fazer
mudanças simples no estilo de vida é o suficiente para ajudar a manter a doença bem longe. Confira
a seguir cinco atitudes para evitar o câncer.

1. Não fume
Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o tabagismo é o vilão por trás de alguns tipos de
câncer, como de pulmão, boca, laringe e esôfago, sendo a principal causa evitável da doença. Cerca
de 90% dos casos de câncer que atingem o pulmão têm o cigarro como principal responsável, sendo
o restante fruto do fumo passivo. O câncer de estômago, pâncreas, bexiga, rim, fígado e colo de
útero também são influenciados pelo vício.

2. Não exagere nas bebidas alcoólicas
Tumores que surgem no intestino, no esôfago e, principalmente, no fígado têm mais chances de
desenvolvimento quando o paciente consome bastante bebida alcoólica. Para o dr. Frederico Muller,
oncologista do Hospital São Lucas Copacabana, o efeito é ainda maior se a ingestão de álcool for
combinada com o tabagismo. Isso acontece porque a bebida potencializa os efeitos do tabaco, o que
aumenta as chances de desenvolvimento de câncer. O etanol é encontrado em diversas bebidas
alcoólicas, porém, em concentrações diferentes. Existe importante relação dose-dependente entre o
consumo de bebidas alcoólicas e o risco de câncer. Quanto maiores a dose ingerida e o tempo de
consumo, maior será o risco de surgimento da doença.
“Alguns estudos divulgados nos Estados Unidos também apontam que ingerir diariamente uma dose
de bebida alcoólica já é o suficiente para influenciar no aparecimento do câncer de mama e de
próstata”, afirma o especialista. Um drinque padrão equivale, normalmente, a 350 ml de cerveja, 150
ml de vinho ou 45 ml de licor.

3. Evite uma dieta rica em alimentos ricos em gordura
Quando consumido com moderação, o açúcar não causa mal algum à saúde, porém, quando é uma
das bases da dieta de uma pessoa, pode trazer problemas sérios. O mesmo acontece com os
alimentos com alto teor calórico, que influenciam no desenvolvimento da obesidade – conhecido
como fator de risco para o aparecimento de câncer. Opte por uma dieta mais saudável, com poucos
alimentos gordurosos e açucarados.

4. Use preservativos nas relações sexuais
Essa dica pode ser pouco comum, mas o que muita gente não sabe é que a infecção pelo papiloma
vírus humano (HPV) – uma doença sexualmente transmissível cujo contágio se dá por meio da
relação sexual desprotegida – é uma das principais responsáveis pelo desenvolvimento de câncer na
vulva, no pênis e na garganta. Por isso, é importante não esquecer a camisinha.

5. Previna-se contra a hepatite
Diretamente ligada à dica anterior, a hepatite B e a hepatite C também podem infectar durante a
atividade sexual desprotegida – e ambas as versões da doença ajudam no surgimento da cirrose,
que pode levar ao câncer de fígado.

 

Redação Paraná em Fotos

Portal Paraná em Fotos