21 de fevereiro de 2024
GERAL

Inovação vai marcar a vida do pequeno produtor rural neste ano

As novidades começam com os Agentes de Orientação ao Negócio Rural (AOR) que estão sendo capacitados e terão como desafio levar inovação, melhorar a gestão dos negócios rurais, construir um plano de negócios, aplicando boas práticas de gestão e de empreendedorismo na rotina desses trabalhadores. “Teremos até 200 novos agentes, em campo até junho deste ano. Na prática, esses profissionais, conhecidos como consultores do Sebrae, serão os facilitadores do Negócio Certo Rural (NCR)”, explica Ludovico W. Da Riva, analista do núcleo do Agronegócio de competitividade do Sebrae.
O Acordo de Cooperação Juntos pelo Agro conta com a parceria do Sebrae, da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) e possui o objetivo de elevar a produtividade, competitividade e a sustentabilidade dos pequenos negócios rurais, promovendo o crescimento dos negócios, o acesso a mercados e o desenvolvimento territorial. Para viabilizar todas as ações estão sendo investidos R$ 350 milhões de reais pelas instituições envolvidas nos próximos anos.
Os Agentes de Orientação ao Negócio Rural, um personagem importante para a atuação rural da instituição, vão integrar a rede de agentes do Sebrae, realizando ações no campo, junto ao ALI Rural (bolsista de inovação) e os demais agentes já em atuação em outras frentes. “Acreditamos que esta ação irá revolucionar o atendimento do Sebrae no campo, pois o curso NCR é apenas o início das possibilidades de intervenção junto ao público rural do Sebrae. Vem muito mais por aí…”, acrescenta Da Riva.
Já estão sendo negociadas novas turmas de capacitações no segundo semestre para os agentes, ampliando a intervenção do Sebrae no campo, e possibilitando em poucos meses, uma execução nacional relevante no setor do agronegócio brasileiro.

“É a priorização do segmento agro na estratégia nacional de operação do Sebrae, otimizando os recursos e potencializando os resultados dos clientes atendidos. Este alinhamento nacional e estratégico é inédito e inovador, sendo até o momento, muito bem recebido pelos estados, que efetivam as ações na ponta”, completa Ludovico Da Riva.

Segundo ele, este projeto foi considerado prioritário pelas diretorias das instituições envolvidas, pois tem como foco oferecer apoio à gestão dos pequenos negócios rurais, através de planos de ação negociados e ajustados anualmente. “Tivemos sucesso em 2022 nas ações batendo 127% da meta de atendimentos da parceria (+ 58 mil clientes), e para 2023, nosso desafio é formatar ações conjuntas robustas para potencializar a parceria. Além disso, no plano do Negócio Certo Rural, nossa meta é capacitar consultores do Sistema Sebrae para possibilitar a ampliação da oferta do curso aos pequenos produtores de todo o Brasil já em 2023”, afirma.
E as novidades não param por aí, o aplicativo Guia do Campo ganha novos incrementos. O aplicativo APP Guia do Campo (Android) teve uma versão inicial em outubro do ano passado, e agora, o produtor terá acesso a vários conteúdos exclusivos desenvolvidos pelo Senar, Sebrae e CNA. Um projeto que vai complementar as outras ações incluindo a Plataforma Do Brasil à Mesa, que tem o objetivo de promover e divulgar alimentos artesanais.

– Agência SEBRAE